Saída de campo: “Da Escola à Praia Fluvial de Merelim S. Paio – À descoberta da biodiversidade”

Projeto “Literacia para a preservação da floresta”

O projeto “Literacia para a preservação da floresta” resulta de uma parceria da Liga para a Proteção da Natureza (LPN) com a Câmara Municipal de Braga (CMB), sendo o segundo ano consecutivo em que a nossa escola participa.

O projeto envolveu quatro turmas (5.ºA, 5.ºB, 7.ºC e 7.ºD) e foi desenvolvido em três sessões online, com a exploração de conteúdos em interação com os alunos e a proposta de realização de trabalhos práticos, tendo culminado com a realização de duas saídas de campo, uma intitulada “Descobrir a biodiversidade na Cerca do Mosteiro de Tibães”, para as turmas C e D do 7.º ano, e a outra “Da Escola à Praia Fluvial de Merelim S. Paio – À descoberta da biodiversidade” para as turmas A e B do 5.º ano, ambas já realizadas no ano letivo anterior.

O registo das saídas de campo foi publicado em dois vídeos e fica a nota de agradecimento e os parabéns à Câmara Municipal de Braga pela parceria com a LPN.  À Dra. Fátima Ferreira e aos monitores da LPN, obrigada pela colaboração nas saídas de campo.

Concurso “Escola + Verde” promovido pela Câmara Municipal de Braga

Alunos do 9.ºC marcam presença para receber o prémio

No passado dia 15 de julho, o vereador do pelouro do Ambiente, Altino Bessa, congratulou as escolas que participaram no Concurso “Escola + Verde 2022” que é promovido pela Câmara Municipal de Braga, entregando os prémios nas categorias de hortas verticais e hortas convencionais. 

A Escola Básica Mosteiro e Cávado esteve representada no evento pelas coordenadoras do Programa Eco-Escolas e por dois alunos do 9.ºC, Rodrigo Loureiro e Inês Maciel, que aceitaram o convite para acompanharem as duas professoras na entrega do 3.º prémio na categoria de hortas convencionais (escolas do 2.º e 3.º ciclos). Esses alunos pertenceram ao Clube do Ambiente e revelaram um desempenho especial na horta, comparecendo sempre que podiam à sexta-feira de tarde para cuidar das culturas, aproveitando-se esses momentos de aprendizagem (sobre agricultura biológica, consociações e alimentação saudável e sustentável) e de interação social mais informal para descontrair e conversar sobre episódios da vida. 

Obrigada, Inês e Rodrigo, pela vossa presença e colaboração. 

Parabéns a todos os alunos, dos Projetos Erasmus + (EcoSport Let’s get ready for a healthy life e Our life in Our Hands), Clube Ubuntu (7.ºB), Clube do Ambiente (alunos do 5.ºD, 8.ºA, 9.ºA, 9.ºC e 9.ºD), alunos do 5.ºB, 7.ºE (Nuno Brás) e 8.ºF, professores, encarregados de educação e assistentes operacionais que contribuíram para o prémio da Horta BIO ECO Cávado. 

Obrigada, professora Luísa Costa, pelo contributo para a compostagem na horta.

Agradecemos à Direção, Junta de Freguesia e à Câmara Municipal de Braga pela colaboração! 

AE Mosteiro e Cávado no PNC – Boletim de Notícias – Número Especial – maio-junho 2022 – VII

Encerramos este ano letivo com a divulgação do Boletim de Notícias PNC – Número Especial – maio-junho 2022 – VII. 

Apraz-nos registar que neste Boletim, tal como noutros oportunamente divulgados, é reconhecido o dinamismo das atividades cinematográficas do AE Mosteiro e Cávado, no âmbito do Projeto Plano Nacional de Cinema (PNC) e da disciplina ViVer Cinema com a Escola, de 9.º ano. 

Disponível no site do PNC, emhttps://pnc.gov.pt/boletins/pnc-boletim-de-noticias-maiojunho-2022-numero-especialo Boletim será também disponibilizado em breve na página da DGE. 

O Agrupamento está de parabéns!

Eco-Escolas

 

Projeto “Muros com Vida”

O projeto “Muros com Vida” do Programa Eco-Escolas, de articulação com o Município, foi desenvolvido na disciplina de Educação Visual, nas turmas do 5.º ano, sendo a coordenadora a professora Sara Ribeiro.

Aos alunos do 5.º ano foi proposta a elaboração de desenhos para a pintura no muro exterior em frente à Escola Básica Mosteiro e Cávado. A escolha deste muro resultou do acordo prévio entre as duas coordenadoras do Eco-Escolas, o Presidente da Junta de Freguesia e a Diretora do Agrupamento, que recebeu a autorização do proprietário do muro.

Na planificação do trabalho, com objetivos definidos pelo Eco-Escolas, escolheu-se um ecossistema que fosse identificado pelos alunos com interesse, dada a riqueza da biodiversidade da zona do rio Cávado. A escolha do desenho foi, então, de um ecossistema/ambiente fluvial, o rio Cávado, com a fauna e flora envolvente, cuja pintura no muro permita comunicar ciência e educar para a cidadania ambiental, sensibilizando para a preservação e proteção da natureza. O desenho selecionado, votado pelos próprios alunos, foi de uma aluna do 5.ºA.

Os alunos realizaram trabalho de pesquisa, consultaram websites, exploraram o jardim da escola em diferentes momentos, em articulação com as disciplinas de Ciências Naturais e Cidadania e Desenvolvimento, alguns participaram no desafio “Fotografar a biodiversidade” e consultaram exposições realizadas na escola, no âmbito do Programa Eco-Escolas e do Clube do Ambiente. Muitos alunos, com a ajuda dos familiares, fotografaram locais próximos do rio Cávado.

Duas das turmas do 5.º ano (turmas A e B) também participaram numa saída de campo até à Praia Fluvial de Merelim S. Paio, integrada no Projeto “Literacia para a preservação da floresta”, dando-se a oportunidade de aprender lá fora (learning outdoor) com a observação “in loco” da biodiversidade da região, tendo os alunos aplicado e ampliado conhecimentos.

No final do 3.º período, os alunos do 9.º ano, na disciplina de Educação Visual, foram convidados a fazer ilustrações de algumas espécies da fauna (aves e borboletas) para integrarem o desenho do 5.ºano. Este trabalho colaborativo e de entreajuda de alunos de dois ciclos de ensino culminou na pintura em frente à escola, numa parceria mais valorizada e que será de orgulho para a escola e comunidade.

Os alunos participaram com elevado interesse, empenho e motivação na criação dos desenhos e no final do ano letivo alunos do 5.º ano e do 8.º ano (turma A) participaram na pintura do muro. A pintura foi realizada com muito empenho e motivação, sendo o entusiasmo um sentimento contagiante nos alunos envolvidos nesta experiência pedagógica.

Parabéns aos alunos e à coordenadora do projeto “Muros com Vida”, por mais este contributo de arte de rua, que visa despertar maior curiosidade pelo património natural da região e reforçar a adoção de atitudes de preservação e proteção do ambiente.

SPO – Cantinho da Calma SPO

Desde que surgiu a situação de pandemia, verificou-se um aumento de alunos a sofrer de ansiedade na escola, com frequentes ataques de pânico ou crises de ansiedade nas mais variadas situações e momentos. Assim, este ano letivo, o SPO iniciou a construção de um cantinho no Gabinete de Psicologia dedicado ao relaxamento e promoção do bem-estar psicológico e da calma. Para tal, o SPO está também a elaborar uma série de materiais de psicoeducação e arte terapia com foco no relaxamento, para colocar nesse espaço. O espaço está a ser organizado e decorado com alguns materiais gentilmente fornecidos pelo Leroy Merlin e, apesar de ainda faltarem alguns materiais, elementos e recursos, será certamente um espaço que os alunos irão usufruir no próximo ano letivo para momentos mindful, de paz e de calma. O SPO está, assim, a criar um espaço mais reservado e acolhedor, onde os alunos possam relaxar e ajustar as suas emoções para voltarem a sentir-se bem, em segurança e em paz. Porque a ansiedade interfere muito negativamente com o desempenho e os resultados escolares, este espaço será promotor da tranquilidade necessária ao bom desempenho escolar, quando melhorado com equipamentos adequados. Este espaço ainda necessita de estar equipado com materiais adequados para os alunos, que a ciência valide como importantes para o conforto emocional, o bem-estar psicológico e o relaxamento e a tranquilidade. Uma vez que os recursos existentes para equipar o cantinho da calma são limitados, torna-se fundamental dinamizar este espaço com materiais adequados ao bem-estar emocional dos alunos, o que está atualmente a ser executado e que se prevê ter continuidade no decorrer do próximo ano letivo. Apesar de ainda estar “em construção”, os alunos que recorreram ao SPO já puderam usufruir deste cantinho, sendo o feedback muito positivo.

Eco-Escolas

O poster Eco-Código constitui o passo 7 da implementação do Programa Eco-Escolas e foi aprovado pelo Conselho Eco-Escolas e pela Diretora do Agrupamento no passado dia 14 de junho de 2022 para o próximo ano letivo. Este poster define um código de conduta que se pretende seja assumido pelos alunos e pela comunidade educativa para melhorar a qualidade ambiental da escola e da comunidade.

O trabalho foi desenvolvido com a participação inicial de três turmas do 9.º ano na apreciação geral de duas versões do Eco-Código, com base no poster do ano transato que sofreu alterações.

As turmas C e D do 5.º ano, numa aula de Ciências Naturais, realizaram uma atividade lúdica, em trabalho de pares, utilizando um Jogo de tabuleiro intitulado “Ação Climática” e identificaram algumas das atitudes e comportamentos que constam no Eco-Código. Recorrendo a uma aplicação no telemóvel para lançamento dos dados, os alunos descobriram algumas atitudes TOP + pelo planeta. As outras turmas do 5.º ano (turmas A e B) já conheciam o jogo de uma atividade realizada no mês de maio e alguns alunos do 8.º ano também o exploraram.

O Eco-Código baseia-se nas atividades e temas do Programa Eco-Escolas (12 temas constam da Auditoria Ambiental realizada no início do ano letivo), alguns mais trabalhados ao longo do ano letivo, no âmbito da educação ambiental e sustentabilidade.

Esperamos da comunidade educativa que este código de conduta promova a melhoria de uma forma de estar e de pensar TOP + pelo planeta e que a missão seja partilhada com esperança e convicção com os mais jovens, com exemplos de boas práticas ambientais no dia a dia.

Divulga o Eco-Código. Obrigada!

Semana Eco-Cávado
Jogo de Tabuleiro “Ação climática”
Identificar Atitudes TOP + pelo planeta para o Eco-Código
Ciências Naturais – 5.º ano