ERASMUS+ PROJECT «Our Life in Our Hands»

A equipa de professores do Erasmus+ Project «OUR LIFE IN OUR HANDS» do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado reuniu, online, com os restantes parceiros europeus, na semana de 19 a 23 de abril. Este projeto envolve professores e alunos de 6 países: Turquia, Espanha, Croácia, Polónia, Lituânia e Portugal. Na impossibilidade de nos encontrarmos na Turquia, a equipa turca preparou este meeting online.
No primeiro dia, e pela primeira vez, foi possível “atribuir” caras aos nomes já que, até então, toda a equipa comunicara apenas por email ou WhatsApp. Este primeiro encontro serviu também para os professores apresentarem os resultados dos questionários realizados pela Turquia, Lituânia e Espanha sobre questões ambientais e ecológicas, aplicado anteriormente a alguns alunos e professores dos vários países envolvidos.
Nos dias seguintes, cada escola foi apresentando as atividades que tem vindo a realizar desde o início do projeto. Todas estas atividades vão no sentido de elaborar, com os alunos, uma lista de ações de forma a alertar para as mudanças climáticas e ajudar a desenvolver um estilo de vida mais saudável e ecológico.
No último dia, em nome de todos os parceiros e em nome do projeto, 6 oliveiras foram plantadas na Turquia (ao redor da escola que fica na costa Egeu da Turquia) – uma por cada país. Esta atividade foi compartilhada ao vivo com as escolas parceiras e os alunos turcos surgiram a transmitir mensagens de ânimo e de confiança de que juntos trabalharemos para a construção de um mundo melhor e mais saudável: «OUR LIFE IN OUR HANDS».

A Equipa Erasmus+ Project

Formação SUPORTE BÁSICO de VIDA

 No âmbito do Projeto de Educação Sexual de Turma, realizou-se, na escola sede do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado, durante a manhã do dia 21 de abril, a formação de Suporte Básico de Vida para os alunos de 9.ºAno. Esta formação, orientada pela Enfermeira Margarida Figueiredo, foi bastante elucidativa, esclarecendo os presentes sobre os procedimentos necessários na recuperação da vida de uma vítima de paragem cardiorrespiratória (PCR), até à chegada de ajuda especializada. Fazendo parte do programa da disciplina de ciências naturais, estes alunos puderam adquirir as aprendizagens necessárias associadas a esta temática com a ajuda desta formação. Assim, e na opinião da aluna Joana Oliveira, “a formação foi muito importante para mim. Com todas as informações que nos foram dadas, podemos salvar vidas e isso é fantástico!”. Também a aluna Gabriela Coelho considerou terem sido importantes estas aprendizagens para o seu conhecimento, pois “se alguém entrar em paragem cardiorrespiratória já sei o que fazer”. A aluna Margarida Cunha referiu, também, que “para alguém como eu que quer medicina, significou muito”.
Podemos, então, verificar que todos os participantes nesta formação consideraram a mesma bastante útil e vantajosa, sentindo-se mais esclarecidos e que, talvez numa situação de emergência perante uma vida a necessitar de ajuda, possam fazer a diferença.

Abril com cravos de poesia e de música, na EB Mosteiro e Cávado

No dia 23 de abril, a turma do ensino articulado da música, de 5.º ano de escolaridade, apresentou, durante a manhã, uma performance poético-musical a propósito das comemorações do 25 de abril e no âmbito da abertura da Semana da Leitura, do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado.
Na sala dos professores e salvaguardando a devida distância física, decorrente do contexto de pandemia, os alunos interpretaram temas musicais entrelaçados com poemas sobre a temática da liberdade, evocando outros tempos em que tão privados fomos de tantos direitos fundamentais.
A atividade foi desenvolvida numa parceria resultante entre a disciplina de Português e o projeto Leituras com Música e coordenada pelas respetivas docentes.

Artigo redigido por 4 alunas da turma
(Daniela, Francisca, Margarida e Mariana)

PROJETO ECO-ESCOLAS

Projeto no âmbito do Programa Eco-Escolas (Candidatura a Eco-Escola)
O Programa Eco-Escolas é um Projeto de Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS), de âmbito Internacional, promovido em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), secção portuguesa da Fundação de Educação Ambiental (FEE). 
O Projeto do AEMC contempla atividades/projetos definidos no Plano de Ação elaborado pelo Conselho Eco-Escolas e será desenvolvido no âmbito dos programas curriculares de diferentes disciplinas, em articulação com alguns projetos/ clubes da escola e com o envolvimento da comunidade educativa.

Consultar menu lateral – “PROJETOS”

OS CENSOS vão às ESCOLAS

O AEMC, por solicitação do Instituto Nacional de Estatística (INE), encontra-se a desenvolver a iniciativa “OS CENSOS VÃO ÀS ESCOLAS”,  cujo objetivo é dar a conhecer aos alunos o que são, para que servem e como se fazem os Censos 2021, assim como mobilizar e incentivar a comunidade escolar para a resposta a esta operação estatística pela Internet e em segurança.

Os Recenseamentos da População e Habitação, que se realizam de dez em dez anos, são operações estatísticas fundamentais para o conhecimento das principais características da população e da habitação do país, a sua realidade social e económica, produzindo também informações imprescindíveis para a tomada de decisões dos sectores público e privado.

A participação da população nestes recenseamentos, para além de obrigatória nos termos da legislação, é, sobretudo, um direito de cidadania e um ato cívico fundamental para o conhecimento do País.

Aproveitamos o ensejo para apelar à colaboração e empenho de toda a comunidade educativa.

DGE – Censos 2021 nas Escolas

Censos Vão à Escola 2021 – 2.º e 3.º Ciclo

Censos Vão à Escola 2021 – 1.º Ciclo

PADDE

Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital das Escolas (PADDE) tem por base o quadro conceptual dos documentos orientadores desenvolvidos pela Comissão Europeia, designadamente o DigCompEdu e o DigCompOrg. Deste modo, as áreas de intervenção do PADDE incidirão nos diferentes domínios da organização escolar no âmbito das tecnologias digitais: Envolvimento Profissional, Ensino e Aprendizagem, Avaliação das Aprendizagens, Desenvolvimento Profissional Contínuo e Liderança.
A elaboração deste Plano deve ter em conta diversas etapas, desde:
– recolha de evidências: a partir da informação recolhida por processos de diagnóstico;
– análise dos dados: interpretação e reflexão sobre os resultados alcançados;
elaboração: definição do Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital;
implementação: período temporal em que o plano é desenvolvido na prática;
monitorização das ações e avaliação: aferição e adequação dos níveis de implementação e consecução dos objetivos
definidos no plano.
A criação de ecossistemas de desenvolvimento digital deverá considerar que a capacitação dos docentes e de outros profissionais de educação terá um papel determinante no alicerçar da integração transversal das tecnologias de informação e comunicação. Com esta integração pretende-se potenciar os processos de inovação através do digital, nas escolas e adequá-las aos contextos e desafios atuais da nossa sociedade. Nesse sentido, deverão ser definidas metas e planeadas ações para concretizar o Plano, bem como mecanismos de monitorização que possam aferir o progresso e verificar os resultados, como fatores fundamentais para o sucesso da Escola.

LEITURAS CRIATIVAS em FAMÍLIA

1.º lugar 

Mais de quatro dezenas de alunos e respetivas famílias do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado destacaram-se pelo empenho e entusiasmo com que participaram no concurso “Leituras criativas em família”, que ocorreu a distância, em formato áudio, durante o mês de fevereiro.

A atividade foi promovida junto dos alunos inseridos nos projetos LEITURAS CRIATIVAS (1.º ciclo) e LEITURAS COM MÚSICA (1.º e 2.º ciclos). Teve como propósito promover a leitura em voz alta, estimulando e valorizando o gosto pela leitura expressiva nos alunos e respetivas famílias, integrando, para o efeito, o uso dos dispositivos móveis.

A entrega dos certificados e dos prémios para os três alunos premiados (e respetivas famílias) far-se-á em momento a determinar posteriormente.

Os dois primeiros trabalhos premiados são provenientes da turma A2, sendo que o terceiro lugar foi protagonizado por uma aluna da turma A1, da EB de Panóias.

Participaram no concurso alunos das turmas A1, A2, B2, C2, C3, E2, F3 e 5.ºD, sendo que as respetivas professoras tiveram um papel fundamental no incentivo à participação na atividade online.

É de realçar que as leituras realizadas contaram com a colaboração de um ou vários elementos da família, sendo que as mães se evidenciaram na maior parte dos trabalhos a concurso, mais precisamente em 34 gravações áudio. Quanto aos pais, deram a sua voz a 10 trabalhos submetidos a concurso, sendo que os irmãos marcaram presença e voz em 8 gravações.

Os critérios de classificação e correspondente votação incidiram sobre a dicção, a articulação, a fluência, o ritmo, bem como a expressividade na leitura.

O júri integrou a professora bibliotecária do agrupamento e dois elementos da Direção. É de realçar que tanto a Direção como a Biblioteca Escolar apoiaram esta iniciativa que foi coordenada pela professora responsável pelos projetos Leituras Criativas e Leituras com Música.

Parabéns a todos os concorrentes, aos premiados e a todos os que apoiaram este evento que se pautou pelo sucesso em prol da leitura!

Helena Guimarães (coordenadora dos projetos Leituras Criativas e Leituras com Música)

Novo horário da SECRETARIA

Manhã – 9h00 às 13h00

Tarde – 14h00 às 17h00

 Sempre que possível, devem fazer marcação prévia através dos seguintes contactos:

Contacto telefónico: 253300620 / 932094531

Coordenadora Técnica:   secretaria@mosteiroecavado.net

Área de alunos:  alunos@mosteiroecavado.net

Área de ASE:   ase@mosteiroecavado.net

Área de pessoal:   pessoal@mosteiroecavado.net

Área de tesouraria:   tesouraria@mosteiroecavado.net

Área de vencimentos:   vencimentos@mosteiroecavado.net